9 de mai de 2013

Liberta-te!


 

7 PASSOS PARA DOMINAR O EGO

Lidar com nosso próprio ego é um grande desafio, pois ele nos impulsiona a lutar e ter amor próprio e, ao mesmo tempo, pode nos tornar pessoas vazias e ensimesmadas. 
Como lidar com isso de maneira equilibrada? 
Confira nesses sete passos:

1) Não se sentir ofendido: quando brilhamos ou nos destacamos em algo, tendemos a causar uma série de emoções no outro. E nem sempre essas emoções são do bem. É daí que surgem os comentários hostis e as más intenções para conosco. O que fazer? Abstrair e não tomar aquilo como verdade. Senão, estaríamos provando do mesmo veneno de outrem.

2) Libertar-se da necessidade de ganhar: vencer é necessário, dá ânimo, impulsiona nossas vidas, porém, é preciso SABER ganhar. Quem tenta vencer a qualquer custo, manipulando a situação em benefício próprio está fadado ao fracasso. Afinal, quem engana o outro, engana-se duplamente. 

3) Libertar-se da necessidade de ter razão: para uma professora, como eu, esse tópico é o mais complexo. Tendemos a achar que estamos acima das situações e detemos o conhecimento e o poder. Ledo engano. Aprendo todos os dias com meus alunos, revejo minha conduta, reacerto meus ponteiros. E recomeço meu caminhar. Outro dia, li em um pensamento yogi: pare de tentar achar respostas para tudo. Tem certas coisas que são como são e ponto. Tentar achar saídas a todo custo, causa ansiedade e frustração. Sejamos mais simples... 

4) Libertar-se da necessidade de ser superior: é muito gostoso quando nos sentimos bem conosco, quando recebemos elogios, quando nos superamos e tudo o mais. Mas, aqui, temos um grande empecilho diante de nós, ao mesmo tempo em que superar-se é fantástico, pode ocasionar uma resoluta necessidade de autoafirmação, levando à arrogância (sentimento menosprezivo e pequeno). Creio que seja fundamental a gana por lutar, superar-se e vencer. Entretanto, seguindo o caminho do meio, encontramos a medida certa! 

5) Libertar-se da necessidade de ter mais: vivemos em uma sociedade de consumo, é natural que adoremos comprar e adquirir coisas. Porém, com os anos, aprendi que é fundamental lidar com o dinheiro. Ter sabedoria financeira, a fim de não se desgastar e criar mais obstáculos em nossas vidas. Eu tenho um mantra antes de comprar: Eu realmente preciso disso? Antes de comprar, sempre me questiono: Quais são as minhas prioridades? Claro que se trata de um constante exercício, mas essas simples perguntas tiram a minha ansiedade fazendo com que consuma com mais consciência. Pensem nisso! 

6) Libertar-se da necessidade de identificar-se com teus êxitos: acredito que, aqui, nos encontremos em uma encruzilhada, pois se de um lado os êxitos são os efeitos de nossas causas benéficas, de outro, pensar somente neles nos estagna e impede de continuar lutando. Vencer é necessário, usufruir dos efeitos é um resultado. E, como lidar com tudo isso? Penso sempre no seguinte: se estou lutando arduamente por meus objetivos de maneira limpa e ética, sem ferir o espaço de ninguém e seguindo a minha verdade, estou no caminho certo!

7) Libertar-se da necessidade de ter fama: acredito veementemente que o reconhecimento seja uma consequência natural de nossas ações. E isso pode chegar em grande escala ou não. Mas, de maneira nenhuma, pode nos impedir de continuar lutando. A fama NÃO é a força motriz que nos leva a lutar, e sim, o nosso FOCO.

Fonte: Jana Soggia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe aqui o seu comentário:

Related Posts with Thumbnails

Blogs que visitamos