27 de jan de 2011

Terapia Floral - Que bicho é este?


É muito comum ouvirmos uma pessoa falar que está tomando florais para um determinado momento emocional: estresse, ansiedade, tristeza, depressão, etc. É raro você encontrar uma pessoa que esteja fazendo uma terapia floral. Porque isto ocorre? Não seria natural a pessoa ser atendida por um terapeuta floral, receber a indicação das essências florais mais adequadas ao seu caso e a orientação balizada deste profissional especializado?

Há vários fatores para que isto aconteça. A terapia floral é um conceito muito recente em termos mundiais. Ela começou a ser alinhavada nos idos de 1930 pelo médico inglês Dr. Edward Bach que decodificou o primeiro kit de essências florais do mundo moderno chamado Essências Florais de Bach. As essências florais foram introduzidas no Brasil nos anos 80 do século passado através das farmácias homeopáticas e a sua literatura era encontrada, principalmente, em livrarias esotéricas. Nesta época, você não encontrava com facilidade um profissional especializado (terapeuta floral) que pudesse lhe indicar um floral adequadamente. Nos anos 90, iniciou-se o "boom" das essências florais e surgiram vários kits de essências florais no Brasil e no mundo. Com isto, foram criados vários cursos ensinando a utilização das essências florais.

Hoje, em 2011, vemos, a cada dia, nascerem novos kits de essências florais em todo o planeta. Como sempre digo: "onde há sol, pode haver uma flor; onde há uma flor, poderá existir um floral". São quase 300 mil espécies de plantas que florem em nosso planeta. Atualmente, temos, pelo menos, uns 50 kits de essências florais brasileiras.

Vejam que até agora falei somente sobre as essências florais.  Estamos ainda engatinhando com esta prática maravilhosa da saúde. Mas uma pergunta sempre permeia a minha mente: aonde eu encontro um profissional habilitado para indicar estas essências? Indo mais a fundo nesta questão: as essências florais trabalham a consciência da pessoa através do seu equilíbrio emocional - portanto, aonde está o profissional que vai dar todo suporte emocional, mental,  físico e vibracional ao paciente que está tomando as essências florais? Somente um curso de aplicação de essências florais não basta. É necessário a formação deste profissional chamado terapeuta floral numa especialidade nova chamada terapia floral. Ele não é terapeuta holístico, naturoterapeuta, fitoterapeuta, alternativo, complementar, homeopata, médico, psicólogo, etc - ele é terapeuta floral somente.

A terapia floral trabalha quatro áreas do ser vivo que são: emocional, mental, físico e vibracional. Porque cada corpo busca o seu equilíbrio e isto afeta os outros corpos trazendo harmonia ao ser. Ex: quando equilibramos o emocional de uma pessoa, os outros corpos tendem a se equilibrarem.
Portanto, o conceito de terapia floral é muito vasto  e muito novo. Estamos entrando na segunda fase das essências florais que é a criação e a consolidação da profissão de terapeuta floral. Novos kits de essências florais vão surgir e, cada dia que passa, é mais premente a necessidade de se criar cursos especializados desta nova categoria profissional com regulamentação por decreto-lei no Brasil. Desta forma, poderemos formar profissionais de nível universitário, fazendo o seu mestrado, doutorado, estudando e contribuindo para que a simplicidade deste método de tratamento perdure ad-eternum.

Eu participo de um grupo de discussão na internet, há 11 anos, chamado Lista Florais onde temos debates de alto nível sobre as essências florais e a sua terapia. Em determinado momento, me posicionei enviando o tema abaixo:

"Assunto: Terapia Floral

Olá a todos!

Fico muito feliz em ler as discussões sobre as essências florais e verificar o empenho e o alto nível que cada participante desta lista demonstra ao passar as suas experiências ao nosso grupo.

Cada sintonizador criou o seu método de aplicação das suas essências florais. E cada terapeuta floral tem uma experiência (muitas vezes, inusitada) com as essências que utiliza. E não quer dizer que vá funcionar o mesmo composto de essências florais para outros casos 'parecidos'.

Muitas vezes, o terapeuta floral 'iniciante' procura as 'fórmulas mágicas que dão certo'. Mas, com o passar do tempo, ele vai percebendo o seu 'mundo de essências florais' que mais se identifica, indica, usa e que dão bons resultados. E, como diz um velho ditado: "Cada um é cada um".

Portanto, não existe a fórmula ideal, mas existe o bom vínculo do terapeuta com o seu paciente - que trará os bons frutos da terapia floral que deve ter as suas raízes fortes fincadas em solo fértil, caule com folhas saudáveis e flores exuberantes desabrochando em abundância.

Meus amigos de caminhada, vamos também nos dedicar ao método utilizado que chamo de terapia floral. Ele é único, tem muitas diferenças, mas assimila o que há de bom de outras áreas que cuidam do emocional, mental, físico e espiritual dos seres vivos.

A terapia floral é um conceito novo na saúde mundial. Tanto é verdade que não temos a nossa profissão regulamentada por lei no nosso país onde até peão de boiadeiro tem a sua profissão reconhecida e com carteira de trabalho. Não tenho nada contra esta profissão; pelo contrário, admiro a organização da sua categoria em conseguir a oficialização.

O próprio Dr. Bach queria que o seu método fosse ensinado às mães - para que elas dessem o floral necessário aos seus filhos. Portanto, o método sempre foi, é e deve ser simples. E, quando trabalhamos a nossa consciência, buscamos a nossa simplicidade de ser.

O bom terapeuta floral busca esta simplicidade do método no seu próprio modo de
viver. Ou seja, ele aplica em sua vida, aquilo que fala em terapia. Portanto, assumir este trabalho com as flores, é assumir um trabalho de consciência consigo mesmo - e será assim pela sua eternidade. Uma vez consciente, não há como voltar atrás.

Deixo aqui o meu carinho por todos vocês.
Um abraço fraterno."

Fonte: Josef Karel Tlach

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Deixe aqui o seu comentário:

Related Posts with Thumbnails

Blogs que visitamos